Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘LABORATÓRIO DE JORNALISMO’ Category

Eduardo Tavares entrevistou o director do 2º ciclo em Ciências da Comunicação da UTAD, Prof. Doutor José Belo.

Leia aqui a entrevista, em que se faz um balanço desta nova fase do curso e revela-se a futura aposta em novas áreas que não existem no nosso país.

Read Full Post »

Daniela Andrade entrevistou Rui Sá, jornalista da RTP em Vila Real.

Saiba tudo, lendo a entrevista aqui.

 

Read Full Post »

Luísa Marques entrevistou-me como docente do Laboratório de Jornalismo na UTAD.  Eu tinha incumbido os alunos de realizarem uma entrevista, cabendo a estes escolherem o entrevistado, pelo que não pude recusar passar para o outro lado da cena jornalística.

Pode ser lida aqui esta entrevista, em que as questões pessoais e profissionais se cruzam.

Read Full Post »

Luciano Barreira entrevistou Armando Miro, um jornalista com actividade suspensa, actual presidente da Comissão Executiva da Região de Turismo da Serra do Marão.

Um testemunho importante sobre uma vida ligada ao jornalismo e à política, que pode ser lido aqui.

Read Full Post »

Preciosa Carvalho entrevistou Ana Paula Alves, uma enfermeira natural de Cabeceiras de Basto, cuja falta de trabalho em Portugal a levou a ir trabalhar para Lanzarote, Espanha.

Uma história sobre “mudar de vida”, que pode ser lida aqui.

Read Full Post »

Andreia Teixeira, entrevistou Luís Correia, guitarrista e principal mentor da banda de Black Metal, “Eternal Death”.

Pode ler a entrevista na íntegra aqui.

Read Full Post »

por Andreia Teixeira

Não, não se trata da música do Bonga, grande sucesso, o qual sempre me fez alguma confusão, confesso. Como é que uma pessoa consegue dançar ao som dessa música, se o Bonga nos diz que há um homem do saco e “ que ele vai-te pegar e que ele vai-te comer….”? Quer dizer, quem dança e se diverte com as desgraças, isso para mim mete-me um bocado de espécie. Sim, porque quem não me diz que o Bonga escreveu isto depois de ter sido assaltado em sua casa por, precisamente, um homem do saco, deixando-o sem nada? Quem? Provavelmente, o próprio Bonga, se estivesse com ele…. Mas a questão aqui é que, se a música fosse:” é o homem do saco e ele vai-te pegar, e ele vai ser eleito por ti, e ele vai-te comer, e ele se chama José Sócrates, se calhar já não dançávamos, nem nos divertíamos! Porque era a nós que o homem do saco roubava e porque…esperem lá, mas isso é o que se está a passar na realidade…!

Mudando de assunto, neste caso em concreto falo de um outro homem do saco, um que anda de vermelho na Páscoa, bem visível portanto, e que as pessoas o convidam a entrar nas próprias casas e lhe dão dinheiro de livre vontade. Numa altura em que a crise já atingiu os três metros e sabendo que, em média, os portugueses não passam de 1,70 metros, isto não está nada bem, como é possível então? Tudo isto acontece em nome da fé, pode-se dizer. (…)”

 Continuar a ler…

Read Full Post »

Older Posts »